Buyshow – Live Commerce Solution

Como fazer Live Commerce? Faça como a Lancomê!

A epidemia e a contenção aceleraram as vendas online na China graças à transmissão ao vivo. Esse tipo de e-commerce bate novos recordes de audiência e vendas desde abril. Mas como fazer live commerce? Hoje, eu trouxe a história de uma empresa que conseguiu boas façanhas com esse novo método de venda.

Assim sendo, eu preparei o artigo de hoje para ajudar você a entender como fazer live commerce. Ficou interessada em saber mais? Então acompanhe comigo agora mesmo!

Uma breve história da transmissão ao vivo chinesa

Para entender a origem dessa fúria de streaming ao vivo na China, temos que voltar a 2015, quando a democratização dos smartphones e 4G está criando um terreno fértil para o entretenimento de streaming ao vivo, especialmente no campo dos videogames.

Beneficiado por um grande influxo de capitais, o mercado está se profissionalizando. Em 2016 nasceu o Taobao Live, a plataforma de streaming ao vivo do Alibaba.

Mas, o que é live commerce?

A transmissão ao vivo é a transmissão em tempo real de um vídeo em uma ou mais plataformas da Internet (redes sociais, contas privadas, canais do YouTube, etc.).

Uma pessoa posta um vídeo ao vivo, no qual apresenta itens à venda e aqueles que assistem a este vídeo e estão interessados ​​em algum dos itens à venda, podem entrar no chat ou na seção de “comentários” para obter um compra online.

Muito popular na Ásia, ainda é pouco desenvolvido no Brasil. Contudo, o streaming ao vivo está se tornando cada vez mais importante em alguns países e se firmando como a nova técnica de venda à distância.

De fato, acredita-se que esse fenômeno é o futuro do e-commerce. Isso porque, possui diferentes benefícios:

Acessível a todos

O streaming ao vivo é uma técnica simples de usar e, acima de tudo, acessível a qualquer pessoa, seja nas redes sociais (Facebook, LinkedIn, Instagram, TikTok, etc.) ou em plataformas privadas (videoconferências).

Ele pode ser usado para fins profissionais por empresas, comerciantes, grandes varejistas, mas também por consumidores, para fins mais pessoais. Graças à sua facilidade de uso, essa técnica pode apresentar rapidamente as pessoas mais relutantes à venda à distância.

Intercâmbios em todo o mundo

Embora os sites de comércio eletrônico também possibilitem a comunicação e a interação com vendedores em todo o mundo, a adição de vídeo tem um pouco a mais: a visão do produto ao vivo.

O cliente pode apreciar melhor a qualidade do produto e pode até fazer perguntas ao vivo. Também é mais fácil para os comerciantes que podem apresentar seus serviços oralmente.

Uma loja virtual

O site de uma empresa é sua vitrine virtual. Mas o valor agregado da transmissão ao vivo é que o modelo de vídeo permite recriar a atmosfera de boutique.

Enquanto estão em casa, os consumidores têm a impressão de estar lá, podem ouvir outros clientes interagindo com os lojistas presentes e, o mais importante, podem ver os produtos e desfrutar do ambiente amigável.

Rumo a uma inovação em vendas à distância

O e-commerce permite que as empresas inovem na forma como vendem seus produtos. Mas a técnica do e-commerce também terá que evoluir um dia.

Graças ao live commerce, será possível organizar eventos virtuais em grande escala. Cada empresa pode oferecer demonstrações, reuniões de apresentação, desfiles, vendas ao vivo, etc., adaptados às suas necessidades e personalidade.

Mas então, como fazer live commerce?

Antes de explicar como fazer live commerce, gostaria de lhe dar um exemplo claro do que venho falando até agora. A empresa Lancôme se juntou junto com a Viya, e em um streaming ao vivo, em março desse ano, apresentou diversos produtos em relação ao dia da mulher.

O surpreendente? Eles conseguiram vender 10 milhões de produtos durante essa live. Então, você está esperando o que para iniciar?

Escolha a plataforma

Para saber onde transmitir seus vídeos ao vivo, você precisa conhecer seu público.

No entanto, se você quiser fazer alguns testes (e depois analisar as consequências), recomendo o Facebook: a rede social tem cerca de 700 milhões de usuários. 78% das empresas escolheram essa plataforma para transmitir suas vidas.

O YouTube possui um recorde de 1,5 bilhão de usuários. O consumo de vídeos do YouTube no celular aumenta 100% a cada ano. Também é uma rede para se conectar, especialmente se você fizer vídeos longos.

Na verdade, os vídeos postados no YouTube costumam ser 2,5 vezes mais longos do que no Facebook. A rede social dedicada ao vídeo é mais utilizada por empresas de mídia cujas lives às vezes duram mais de uma hora.

Saiba o que transmitir

Procurando inspiração para suas lives? Aqui está uma lista não exaustiva de ideias:

  • Perguntas / respostas com um especialista
  • Entrevistas com especialistas ou clientes
  • Abertura de lojas / estabelecimentos comerciais
  • Lançamento de novos produtos / serviços
  • Nos bastidores da empresa
  • Eventos internos ou participação em evento externo

Tenha o equipamento correto

O equipamento de que você precisa para fazer sua live consiste nos seguintes dispositivos:

  • Uma câmera ou dispositivo digital que pode filmar, desde que o terminal possa enviar um fluxo RTMP e filme em HD (mínimo).
  • Um excelente dispositivo de áudio: esteja ciente de que o microfone embutido na câmera provavelmente não é suficiente.
  • Software de codificação necessário para vincular imagem e som de maneira adequada.

Conclusão

Se a transmissão ao vivo ainda não é uma prática amplamente usada no Brasil, pode ser cada vez mais nos próximos anos. Na verdade, a crise da saúde destacou a praticidade e a velocidade do comércio eletrônico.

Isso cresceu consideravelmente nos últimos meses, inclusive com o comércio local. Embora continue a atrair líderes empresariais e consumidores, a transmissão ao vivo pode se impor no Brasil mais rápido do que imaginamos!

Gostou de saber mais sobre como fazer live commerce? Então não deixe de acompanhar os demais artigos do blog, tenho muitas outras novidades para você!

Outros artigos